CIDADES
22.06 - 12h27min
A
A
A
Palestras orientam sobre formas de combater a violência contra o idoso

Umuarama - Quinze de junho foi o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, uma data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa. Dentro do tema, equipes técnicas da assistência social e também das áreas de educação e saúde participaram de um encontro na tarde desta quinta-feira, 21, no auditório da Prefeitura de Umuarama. As palestras objetivaram disseminar a consciência mundial, social e política da existência da violência contra a pessoa idosa, e ao mesmo tempo mostrar que não aceitá-la é a atitude normal, que se espera da família e da sociedade.

O encontro foi aberto pela secretária municipal de Assistência Social, Izamara Amado de Moura, e pelo prefeito Celso Pozzobom, com as presenças do promotor público Marcos Antônio de Souza, da presidente da Câmara, vereadora Maria Ornelas, da secretária do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDI) – representando a presidência –, Edilaine Janeiro Barão Tamaki, e do chefe do escritório regional da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Pedro Pinheiro.

A primeira palestra foi ministrada pela assistente social Sônia Ortiz, que apresentou as definições da Organização Mundial da Saúde (OMS) que trata o combate à violência ao idoso como questão de saúde pública e mostrou suas pesquisas na área junto ao CREAS e orientações para os profissionais lidarem como o problema. Em seguida, a enfermeira Andréia Balan explicou que a notificação de casos suspeitos é obrigatória, por parte dos profissionais da saúde e da assistência social.

“Todos os profissionais que perceberem a violência ao idoso devem denunciar e registrar o caso, com fim epidemiológico, para que possamos construir o perfil da violência e subsidiar políticas de saúde pública”, explicou a enfermeira. Em cinco anos, apenas 13 casos foram registrados no Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) do Ministério da Saúde.

O prefeito Celso Pozzobom disse que a administração municipal tem procurado atender a todas as demandas sociais e políticas públicas. “Trabalhamos em conjunto com as secretarias municipais de Assistência Social, Esporte e Lazer (com os grupos da melhor idade), Saúde e Educação. É um desafio conseguir os recursos necessários para essas ações, mas temos obtido sucesso graças ao empenho das nossas equipes, lideranças e secretários. Não podemos aceitar situações de violência, seja ela qual for. É caso de polícia e denúncia à Justiça”, orientou. “Contem com a administração nessa luta”, finalizou.

A secretária Izamara destacou a visibilidade que o idoso precisa ter na família e da sociedade, para ser respeitado, bem cuidado e protegido contra os diversos tipos de violência – além da física, que é mais comentada. “Recebemos informações de exploração financeira, humilhação, privação de liberdade e de necessidades básicas, maus tratos e agressões, atitudes inconcebíveis e inaceitáveis para pessoas que lutaram a vida toda por seus filhos e netos”, comentou.


Fonte: Secretaria de Comunicação - Secom / Prefeitura de Umuarama
Foto: 
Tiago Boeing -  PMU / Divulgação

Deixe o seu comentário
PARCEIROS
Umuarama 24 Horas
Copyright © 2017
Todos os direitos reservados.
44 3624-8479
44 8454-2073
Por: